Skip to content

o natal e o governo de Deus

euro-2008-27a 

 

 

o Natal 

 

e o governo de Deus

 

  

O natal é uma data sempre muito alegre e festiva, especialmente para os seguidores de Jesus, pois nos leva a recordar e refletir o quão maravilhoso foi sua atitude  de abrir mão de sua glória para, como homem, vir ao mundo e nos amar intensa e resolutamente.

A natividade dele é uma das suas grandes expressões de amor para com os homens, pois como a própria Bíblia diz: subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia apegar,  mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz (Fl 2: 6-9).

Sabemos que Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro, porém não quero me apegar à data em si, e sim na oportunidade que temos de refletir em sua vinda ao mundo.

Ele aceitou uma missão suicida para cumprir todo o plano de redenção estabelicido pelo Pai, do qual ele é a pedra angular, da qual os construtores deste mundo rejeitaram, porém ela se tornou o fundamento para salvação e restauração da ordem, isto é, do governo de Deus sobre a terra.

Deste momento Isaías diz que: um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Do aumento do seu governo e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o estabelecer e o fortificar em retidão e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos exércitos fará isso. (Is 9: 6-7)

A vinda de Jesus ao mundo reestabeleceu a ordem de Deus sobre todas as coisas e o governo de Deus reinaugurado sobre a terra quando Ele retomou as rédeas do mundo das mãos do maligno.

Jesus como homem, entrando pela porta do aprisco, pode se tornar o único que poderia pagar o preço alto que estava escrito na dívida da humanidade que através da lei do pecado estava sendo cobrada continuamente em toda terra. Ele, sem pecado, foi oferecido como resgate por todos nós, recebendo em sua ressurreição a autoridade dos céus como também a autoridade da terra.

Desta forma, no fim de seu ministério terreno pode anunciar com toda a força: foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;  ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. (Mt 28: 18-20)

A manifestação dos céus na terra, através de Jesus Cristo, inaugurou um novo tempo sobre a humanidade e a porta espiritual que estava cerrada por milhares de anos foi aberta e assim o acesso ao Pai se tornou disponível a todo aquele que está em Cristo.

A celebre declaração de que Ele é o caminho, a verdade e a vida, e ninguém chega no Pai a não ser por Ele (Jo 14: 6) ecoa  em todos os cantos da terra ainda hoje, juntamente com a mensagem que a lei veio por intermédio de Moisés, porém a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo (Jo 1: 17).

Estamos vivendo dias em que o governo de Deus está cada vez mais crescente. Este governo tem sido estabelicido no coração dos fiéis desde o nascimento do Rei e hoje mais do nunca ele continua a se alastrar em todos os cantos da terra preparando a humanidade para o grande e magnífico dia que está por vir.

Enquanto este dia não chega permanecemos experimentando de sua plenitude como também da graça sobre graça, vivendo de glória em glória e celebrando a cada dia a vida que Ele nos deu, através do seu sangue no calvário.

Louvado seja o nome do SENHOR – que venha cada vez mais o seu Reino – que seja feita a sua vontade mais e mais na terra, como ela já é feita nos céus.

  

Maranata!!

One Comment leave one →
  1. 30/08/2012 11:17 am

    Daqui a pouco tá fazendo aniversário de um ano que tu não atualiza esse blog heim!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: