Skip to content

… e Ele te daria água viva

euro-2008-27a…e Ele te daria água viva

 

 

 

 

Introdução:   O que faz uma pessoa buscar a Deus? Qual a razão pela qual ela volta a sua vida para Deus? O que ela espera receber? Qual é a motivação certa? Quais são suas intenções?

 

 

 Texto base: Jo 4: 7-14

 

“Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Pois seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe então a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (Porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos.) Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te daria água viva. Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que tirá-la, e o poço é fundo; donde, pois, tens essa água viva? És tu, porventura, maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual também ele mesmo bebeu, e os filhos, e o seu gado? Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”

 

Muitas pessoas, por não conseguirem ainda libertar-se da prisão do egocentrismo não conseguem chegar diante de Deus e buscá-lo verdadeiramente. As pessoas vão à Deus por razões egoístas e mesquinhas.

Muitas delas nem sequer sabem buscar por socorro. Elas vagueiam pelos becos e vielas deste mundo mendigando alento físico, emocional e espiritual sem sucesso.

Antes o que elas encontram é mais sofrimento, decepção e frustração porque buscam pela luz no meio das trevas. Nunca encontrarão.

Porém aqueles que chegam diante da Luz do Mundo, a verdadeira luz que vindo ao mundo ilumina a todos os homens, em grande parte não conseguem diante de tão grande salvação encontrar o caminho que as fazem deixar de serem seres humanos superficiais e voltados para si mesmo.

“Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites” (Tg 4: 3).

Chegar diante de Deus e buscar ser abençoado é por demais importante, porém a maior parte de nós só chega diante dEle com pedidos muito aquém daquilo que Ele pode e desejaria nos dar. E mais, muito aquém do que realmente necessitamos receber.

Seria como estarmos diante do nosso pai natural, na véspera de nosso aniversário de 10 anos de idade e ele querer nos dar um computador de última geração, mas nós pedirmos a ele uma tábua de pedra para poder escrever nela nosso trabalho da escola.

Aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” (Jo 4: 14).

“Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” (Jo 7: 38).

“Portanto procurai com zelo os melhores dons” (1 Co 12: 31).

“Mas a cada um de nós foi dada a graça conforme a medida do dom de Cristo. Por isso foi dito: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens” (Ef 4: 7-8).

 

Conclusão: O desejo de Deus é nos fazer ser obreiros aprovados, que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade, que são cheios do Espírito Santo, tendo sempre o fluir da graça de Jesus em nossos corações e que são cheios dos dons e do fruto do Espírito.

 

Portanto vamos parar de nos preocupar com as coisas corriqueiras do dia a dia e vamos pedir a Deus coisas grandes e sobrenaturais. Nosso Deus é grande e quer nos abençoar grandemente.

 

Que Ele nos dê sempre da água viva, que é o seu Espírito.

 

É tudo o que mais precisamos.

 

 

 

“Flui em nós ó Espírito Santo; os nossos lábios vem ungir;

restaura em nós adoração e o perfeito louvor”

“Flui em nós ó Espírito Santo; as nossas vidas vem ungir; 

para adorar a Deus o Pai; que é digno de louvor”

“Tu és digno de adoração; de glória, honra e poder;

pois resgatastes as nossas vidas”

“Tu nos compraste pra ti; e nos fizeste reinar em vidas;

e sacerdotes pra teu louvor”

“Adoraremos, adoraremos, te adoraremos Senhor”

 

Música do Daniel de Souza

2 Comentários leave one →
  1. Diogo permalink
    04/11/2009 2:38 pm

    “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites” (Tg 4: 3).

    Aprendi contigo meu pastor, que por muitas vezes pedi mal. Glória a Deus, pois Ele conhece a intenção do coração e não se detém somente no significado das palavras, se não eu estaria roubado ahauahauhauha Deus é bom e a sua misericórdia dura para sempre ! UFAAAA

    MARANATA !!!

  2. Danny permalink
    27/10/2009 11:13 pm

    muito bom José!

    dá pra aprender bastante lendo essas palavras, continua postando!!

    abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: