Skip to content

Força para a segunda milha

25/08/2014
IMG_0379.JPG

Mateus 5:41
Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.

Na segunda milha precisamos de mais força e disposição para não desistir do que determinamos fazer no início.
E de bom ânimo para começar coisas novas – fazer mais e melhor.

Se no meio do caminho falta o ânimo, é como se faltasse um pouco da essência da própria vida. Porque ânimo é vida.

Desanimado, desfalecido, quase falecido, meio-morto/meio-vivo.

Nessa condição é difícil manter ou construir qualquer coisa – e um pequeno esforço é um grande desafio. Mais fácil é deixar o mundo cair ao redor sem nenhuma resistência… Alguns chegam a ficar literalmente paralisados, sem vitalidade e força para nada.

Mas o bom ânimo que precisamos tem que ser bom o suficiente para permanecer na segunda milha, e se manter durante a oposição, e dos conflitos internos e externos.

Na verdade, tudo o que sofre oposição e desgaste precisa de um bom motivo para resistir e não ser destruído.
Para ser fiel, e manter as alianças. Para cuidar não só de si, mas da família, e de muitos outros “próximos”. Para cumprir seu chamado, e servir com mansidão e humildade. Para buscar a santificação, sem a qual ninguém verá a Deus.
Um bom motivo para ficarmos animados a vencer limites, e superar desafios.

Onde está essa força?

Dá para encontrar, através da vida espiritual, o brilho da vida, o vigor e a energia que foram sugados – o bom ânimo que Jesus anunciou, a vida abundante que está nele.
Dá para o fraco ser forte, e para o desanimado ficar disposto, agitado como uma criança que não cansa nunca.
Não consigo pensar em nada mais bíblico, espiritual e legítimo que isso – tirar força da fraqueza, pela fé.
A força na vida do fraco está no espírito, e na comunhão com o Espírito de Deus.

É possível fazer muito mais do que você sente, e mais do que você imagina ser possível, através de Jesus – nossa vida, força e motivo.

Enfim, não é essa a hora de prestar muita atenção nas pequenas limitações, nem ficar focado nos conflitos irritantes da alma. Não se perca em si mesmo, em meio a melancolia e aflição da fraqueza.
Vamos completar a segunda milha, com força e vigor, fazendo mais e melhor.

para que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior” (Ef 3:16)

“No mundo terei aflições, mas tem bom ânimo. Eu venci o mundo.” (Jo 16:33)

IMG_0379-0.JPG

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: